" />
Published On: ter, ago 25th, 2015

OAB toma vergonha na cara e expulsa o bandido petista mensaleiro José Dirceu

José_Dirceu_guerreiroA seção de São Paulo da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), aparelhão petista, finalmente tomou vergonha na cara e cassou o registro e expulsou o bandido petista mensaleiro José Dirceu, o “guerreiro do povo brasileiro” dos petistas, que cumpre pena pelo Mensalão do PT e no momento está preso na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, por conta de seu envolvimento também no Petrolão do PT. Os conselheiros da OAB paulista consideraram que José Dirceu não tem idoneidade para advogar, um dos requisitos básicos da profissão, de acordo com o Estatuto da Advocacia. Foram 76 votos a favor da expulsão e cassação do registro de advogado, dois votos contra, e duas abstenções. José Dirceu perdeu a inscrição por causa da condenação do Mensalão do PT, julgamento que ocorreu em novembro de 2012. E só agora, quase três anos depois, é que os advogados conselheiros da OAB tiveram a coragem e vergonha na cara para expulsá-lo da entidade. No Mensalão do PT, o ex-ministro foi condenado inicialmente a dez anos e dez meses de prisão. Seu advogado, José Luis de Oliveira e Lima, recorreu e conseguiu excluir o crime de formação de quadrilha. Com essa vitória, obtida em fevereiro de 2014, a pena do bandido petista mensaleiro José Dirceu caiu para 7 anos e 11 meses de prisão. O ex-ministro ficou um ano no presídio da Papuda e cumpria prisão domiciliar quando foi preso novamente, desta vez por conta das investigações da Operação Lava Jato. Os conselheiros da OAB começaram a discutir a exclusão de José Dirceu em 2013. O julgamento demorou porque se debatia um formalismo, se a OAB paulista ou a do Distrito Federal era a responsável por discutir a cassação do registro. José Dirceu tirou sua inscrição em São Paulo, mas vivia em Brasília. Venceu a tese de que a OAB que concedera a inscrição tinha o poder de cassá-la, o que é uma obviedade. Só advogados paulistas não queriam ver isso.

About the Author